You are currently browsing the tag archive for the ‘comunistas’ tag.

E podem me esculachar à vontade! Não acredito mesmo.

Para mim, soa mais como pirraça de gente grande que, não tendo mais do que reclamar, parte pra essa baboseira de “o mundo está fervendo”. Vejo com maus olhos esse dezespero todo: parece-me coisa de niilista que acha hype falar que o mundo está no fim, que a humanidade só faz cagada mesmo, que o pior animal é o ser humano, etc.. etc…

E isto vem na onda do politicamente correto, e de carona com os eco-chatos. E tudo aplaudido pela ONU (aliás, o que podemos esperar dessa organização??) e pelos comunas de plantão (“Green is the new red“… é só ver o PV e outros partidos verdes por aí, um bando de socialistinhas pintados com uma cor mais amigável).

Jogar bituca de cigarro na rua parece que é maior pecado que bater na mãe! Não reciclar virou coisa de gente sem consciência… usar peles de animais é abominável. Até ser gordinho já entrou na lista dos execráveis do mundo! Sinceramente, só ando de ônibus por causa dos congestionamentos, e não porque polui menos; não jogo lixo na rua porque é porco mesmo viver numa cidade que parece um lixão; só não uso peles porque acho feio pra caramba (em homens! mulheres ficam bem nelas); e não dou a mínima pros ursos polares que estão ficando sem lugar pra andar no pólo norte. Tenho (temos!) muito mais com que nos preocupar do que arranjar um lugar pros ursos andarem.

Dia desses eu escutei uma frase muito boa, que estava escrita numa camiseta. Era algo assim: Na frente, “A Amazônia está sendo devastada…” e atrás, ” E daí? Eu não moro lá mesmo”. Acho que resume bem o que quero dizer, mas de uma maneira bem babaca. Não vou dizer que concordo plenamente com ela – não! Mas não posso discordar, quando fala de cuidarmos melhor do nosso quintal e deixarmos que o vizinho cuide do dele. Além, como já disse, na minha lista de prioridades, a conservação ambiental é um dos últimos itens.

***

Mas acho que a melhor frase que resume o que penso sobre o assunto é essa, que ouvi na tv paga ontem:

“Não adianta querer salvar a Terra se não salvarmos as pessoas antes.”